É tudo uma questão de “allure”

Mais um pouco do meu pitaco  na discussão sem fim da moda de rua brasileira, sobre a qual não quero mesmo me estender demais neste espaço. Prometo que volto com os assuntos hypercool logo mais, mas antes preciso completar um raciocínio.

Meu amigo Oliveros, ao deixar seu comentário em meu post anterior, me presenteou com uma frase que o Colin McDowell soltou quando esteve no Brasil: “Vale lembrar que a moda atinge poucas pessoas. Milhões no mundo não se vestem para impressionar ninguém, outros tantos sobrevivem com um par de roupas. Moda é status e você deve saber avaliar isto”.

 Pois é…nem oito, nem oitenta, né? Eu até concordo com o Colin. Por aí ele também acha que moda não é simplesmente vestir qualquer coisa e sair pelas ruas. Mas seu comentário vai bem de encontro ao início do meu post anterior. O que é a moda de rua brasileira? Acho que rola antes de tudo, no início dessa discussão, uma confusão nesse sentido. Cada um enxerga de uma maneira, por isso a impressão, em alguns momentos, que tá todo mundo andando em círculos nesse debate. A meu ver, o conceito de moda passa pelo de estilo, de “allure”, como dizem os franceses. Tá tudo interligado. Um sem o outro simplesmente não existe. Você pode se vestir e não ter estilo, aí necas de moda. Se você tiver estilo, um cobertor vira objeto de luxo. A tal da “allure” às vezes nasce com você, em outras é lapidada. Ela pode ser a “graça” que falta num look, coisa que eu revindiquei pra poder chamar algo de moda de rua. Isso em qualquer lugar do mundo, não só no Brasil.

1184185627_f.jpg

Esse já nasceu cheio de allure!

O meu conceito de streetstyle também não está em qualquer canto das capitais européias. Nas banlieues de Paris tá cheio de gente sem estilo algum que, pra mim, não faz moda de rua coisa nenhuma, que se veste simplesmente pelo ato de se vestir, ou porque não dá a mínima ou porque não pode fazer diferente. E lá também (ou em Londres, Nova Iorque, Milão…) vc se depara toda hora com a “moda globalizada dos Jardins”. Para encontrar a moda de rua francesa, inglesa ou italiana também tem que fuçar bem, viu…  Enfim, é meio por aí. No fundo eu acho que todo mundo tem um pouco de razão dentro do seu conceito subjetivo sobre o tema. Até o Sartorialist e o Face Hunter, que fazem streetstyle de gueto, justamente o que todo mundo combateu no início das discussões!

55856660.jpg

Moda de rua francesa na Champs-Elysées? Também acho difícil encontrar…

6 Respostas to “É tudo uma questão de “allure””

  1. sylvain, super concordo com você no pensamento de que ‘roupa e moda não são a mesma coisa’. que de um lado tem motivação, informação; de outro tem apenas necessidade/automaticidade no vestir. mas são tantos questionamentos, tantos conceitos a serem definidos, tantas nuances do mesmo assunto que eu não tenho nenhuma certeza ainda!

    e vamos anunciar que quem nasceu sem o ‘allure’ e quer adquirir algum pode prontamente ligar na Oficina de Estilo! que a gente tá aqui pra isso mesmo! =)

  2. Maria Prata Says:

    Mandou mto bem. Mas eu sou suspeita pra falar….

  3. o problema é olhar o Sartorialist e o Face Hnuter como paradigmas de moda de rua que no meu conceito está longe de ser. e mesmo eles não se propondo no início a ser blogs de streetstyle, apenas de um olhar sobre a moda dos fashionistas, porque aceitaram tão facilmente o amrketing de lvire acfesso e status de um ohlar sobre a moda de rua.
    a moda de rua sim é ter allure, mas lnoge das tendências da passarela e da informação de moda “oficial”, é uma outra informação, muito mais inusitada e verdadeiramente fresca.

  4. I really enjoy your blog. check http://www.wolfsonblanche.blogspot.com
    i think you would love it

  5. […] sobre streetstyle brasileiro e identidade local no vestir, ainda tá fervendo (aqui, aqui, aqui, aqui e aqui. ufa!). O Romeuuu resumiu tudo desde o começo. Hoje a gente conversou com um grupo […]

  6. forademoda Says:

    Nem sempre é uma questão de Allure, outras vezes é de Visionnaire, tb….kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Ah! Me cansei desta história, quero outro assunto, que tal Moda de Avenida???
    Mas me diga, valeu mesmo a pena o Boy George???? O assunto entre os amigos é controverso….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: