Arquivo para agosto, 2007

As mina de Paris

Posted in Uncategorized on agosto 29, 2007 by Sylvain

2662_553733467_efr202_003_mf_h121730_l.jpg                          

Adoro descobrir coisas bacanas quase que por acaso fuçando na internet. Dessa vez tudo começou comigo lendo uma notícia no WWD, que anunciava o lançamento da seção fashion do Myspace -pra quem não conhece (tem alguém aí?), é uma comunidade virtual, muito focada em música, que gera mais de 115 milhões unique visitors mensalmente e é o domínio número 1 da web em número de page views. Pois bem, lá na tal seção tem um canal de vídeo -que faz parte de uma subseção do myspace fashion, chamada The Fit- que mostra os bastidores da vida de celebridades e músicos. Atualmente, está no ar um behind the scenes com a neobanda sensação do rock francês, The Plasticines.  

416174890_l.jpg

O Lúcio Ribeiro já vinha falando do grupo em seu blog, entre outras revelações gaulesas, num panorama -super legal, diga-se de passagem- sobre a cena rocker emergente na terra da baguette. Eu, como bom franco-brasileiro, amante da moda E da música, arregalei os olhos, principalmente quando comecei a perceber o potencial das meninas do Plasticines. Sim, meninas. Estamos falando de quatro garotas parisienses com cara de babies, com idades por volta dos 18 anos, misturas de Hell (Lolita Pille, lembram?) com Courtney Love e que fazem um som rápido, agressivo, mas cheio de charme. Pinta de bonequinhas rebeldes (a causa talvez seja a luta contra o marasmo das rádios francesas nos últimos tempos) com atitude fashion, já foram taxadas de “p’tites bourges” (patricinhas) pelos mais azedos. Alternando letras em francês e inglês, já andam freqüentando os principais festivais indies mundo afora e têm data fechada no prestigioso Olympia de Paris. No myspace delas tem a agenda completa e algumas músicas pra serem ouvidas.

l_fb80e136f17f60b96522e39645bd14391.jpg

Fazendo as modelos em editorial rocker

O primeiro hit, Loser

As Plasticines foram pauta recente da Nylon (adoro! Olha a pauta aí Teen Vogue! Pena que no Brasil ainda é semestral…..), se apresentaram em evento da revista em NY e o processo de escolha do figurino para o show rendeu as imagens do vídeo do myspace fashion.

Apresentação no evento da Nylon, cantando cover de “These boots are made for walkin´” (reparem que o figurino é o escolhido no vídeo do myspace fashion)

Kathy, Marine, Louise e Caroline decidiram formar a banda depois de assistirem a um show dos Libertines, já lançaram o primeiro álbum em fevereiro deste ano (no alto da página, a foto da capa) e conquistaram público e os críticos mais chatos da França. Tem vários fã-clubes e foram chamadas até de “filhas dos Ramones”! Andei escutando e gosto cada vez mais. Vamos combinar que com esse estilo e essas carinhas elas podiam até nem saber segurar um instrumento ou cantar desafinado que tava valendo. São bonitinhas e nada ordinárias as novas chéries do rock frenchie.

l_6c63eb02838a77e897cbf8e3cc797d1b.jpg

Na capa da prestigiosa revista Rock& Folk

Só pra falar mais do myspace fashion, tem até seção fixa de dicas de estilo da INStyle, mais uns  links bem legais. Vale a visita.

O reino encantado da Louis Vuitton

Posted in Uncategorized on agosto 27, 2007 by Sylvain

Pra iluminar a segunda-feira e trazer um pouco mais de cor e fofura nesse começo de semana braba, vou compartilhar com vocês esse vídeo-animação-delícia desenvolvido pelo Takashi Murakami para a Louis Vuitton, 17a. marca mais valiosa do mundo, segundo a “Business Week” e a Interbrand. Talvez alguns já conheçam.

A postagem de vídeos não tá rolando, sei lá por que motivo, mas aí vai o link, caso não dê pra visualizar por aqui.

http://www.youtube.com/watch?v=Ye3PeBi84c4

As campanhas publicitárias podiam ter mais esse espírito lúdico e escapista, aposto que funcionaria bem. Apaixonante.

O mundo do Seu Fiorucci

Posted in Uncategorized on agosto 24, 2007 by Sylvain

fiorucci1b.jpg 

Esta semana esteve no Brasil o Sr. Elio Fiorucci, fundador da famosa marca dos anjinhos, que foi febre no mundo todo nas décadas de 70 e 80 e está sendo relançada agora aqui no país. O estilista e empresário, que vendeu a grife para um grupo japonês em 1990, deu palestra no Instituto Europeu de Design contando um pouco da história e da magia pop do universo Fiorucci.

fiorucci-love-therapy.jpg

Inspirado pela efervescência cultural da Swinging London, nos anos 60, Elio conta que decidiu abrir a primeira loja em Milão revendendo criações britânicas, para só depois começar a fabricar suas próprias roupas. De arquitetura e ambiente inovadores, a loja logo se tornou ponto de encontro dos modernos italianos. Com a abertura da loja de Nova Iorque, em 1977, Fiorucci conheceu o rei do pop Andy Warhol, de quem se tornou muito próximo e que o ajudou a criar o conceito artístico da loja, chamando novos artistas para redecorarem o ambiente a cada 15 dias. Flash-fashion total. Na turma estavam o artista plástico Jean Michel Basquiat e uma aspirante a cantora chamada Madonna. O apoio da Fiorucci foi fundamental para a abertura do inesquecível clube Studio 54 e também para alavancar a carreira de Madonna, que fez sua primeira apresentação num desfile da marca. Essas histórias foram uma delícia de se ouvir.

345831.jpg

Convite para uma festa de aniversário da Fiorucci no Studio 54  

Com um discurso bem humano, Elio, que hoje está à frente de outras 3 empresas, faz pouco caso da fama e da riqueza. Ele enaltece valores como o amor e o afeto, antes de se empolgar contando da experiência da Fiorucci no Brasil que, em 1978, veio revolucionar os costumes também por aqui, pelas mãos da Glorinha Kalil. Costanza Pascolato mediou a palestra e contou (em italiano) um pouquinho da experiência fashion victim dela com a Fiorucci. Muito bom.

349996vogue_fiorucci_vogue_334_469.jpg

A palestra

Post a jato

Posted in Uncategorized on agosto 23, 2007 by Sylvain

dior.jpg 

Pit-stop rápido só pra postar imagens da nova campanha de inverno 2007-2008 da Dior Homme. Última coleção assinada por Hedi Slimane, chega às lojas européias em Setembro. Se depender da primeira coleção de Kris Van Assche como substituto, vamos sentir saudades.

dior1.jpg

dior2.jpg

O melhor e o pior

Posted in Uncategorized on agosto 21, 2007 by Sylvain

Dando uma garimpada pela net atrás de objetos de desejo para um momento dicas hypercool, acabei encontrando itens bem bacanas, daqueles tipo tem que ter já, e outros a se evitar a todo custo. Selecionei dois bons e um ruim, pra que a balança pese sempre a favor do bom gosto, claro.

 judi1.jpg

Dica legal 1: Já que o momento na moda é dos hoodies, que tal este do Galliano? Na frente, básico, só com um “John Galliano” discretamente bordado em rosa. Nas costas, tcharam! Um mix de cores e texturas do mais puro universo gallianístico. Detalhe para o touro desenhado discretamente em fino traço preto.

naked-lady-714972.jpg mini-739321.jpg

multi-stripe-716547.jpg rope-stiched-747508.jpg

Dica legal 2: carteiras de Paul Smith. Eu PRECISO de qualquer uma delas pra ontem. Quatro modelos incríveis, cada qual com seu nome e seu charme particular. Tem a Naked Lady, com ilustração de Archie Dickens; a Mini, com homenagem ao carrinho mais british de todos; a Multi-Stripe, com as listras coloridas tão características do trabalho do estilista e a Rope Stitched, lisa, num delicioso verde-maçã. Todo homem que se preze tem que ter uma carteira à altura, né? (Reparei que tenho falado repetidamente de Paul Smith ultimamente. Juro que é coincidência…)

crocs1.jpg crocs.jpg

Dica para fugir já: os Crocs de inverno. Como se já não bastassem os originais (não tem santo que me convença que “aquilo” é hype e cool), chegaram os Mammoth, graciosamente revestidos de pele sintética, destacável e lavável. Por US$ 40 você mantém seus pés aquecidos e invariavelmente ridículos. Não dá, né?

Vou continuar de antenas ligadas e volto com mais dicas assim que a busca render frutos dignos de nota.

A voz mais fashion do momento

Posted in Uncategorized on agosto 20, 2007 by Sylvain

 mika.jpg

Que ele é a mais nova sensação musical na Europa eu já tinha visto. Que sua voz é um mix de Freddie Mercury com Bee-Gees e Scissor Sisters, dá pra notar ao ouvir qualquer uma de suas animadas faixas, mistura esperta de pop+dance+disco. Fiquei surpreso porém, ao perceber que o cantor-prodígio e sempre elegante Mika está se tornando, além de símbolo gay, um ícone fashion dos bons.

mika1.jpg

Seu nome foi ventilado entre as possíveis atrações do TIM Festival, mas nada oficial foi anunciado. Os fashionistas puderam ouvir (provavelmente sem perceber e beirando o ataque de nervos) um trecho da sua música “Lollipop” no vídeo da Lilica Ripilica, na abertura de cada desfile do último Fashion Rio, e os mais antenados já dançaram por aí ao som de hits como “Love Today”.

stsl04_mika.jpg

De jaqueta Martin Andersson, camisa Miu Miu, skinny Unconditional e tênis Converse, em foto de Danielle Venturelli, publicada no site da Teen Vogue

stsl01_mika.jpg

De suspensório e jeans color Illionaire e camisa Kenzo, em foto de John Ricard também para o site da Teen Vogue

O sucesso na Europa é tanto que seu álbum “Life in Cartoon Motion” está no topo das vendas na França e o cara já virou até garoto-propaganda de Paul Smith na campanha de primavera-verão 2007.

stsl05_mika.jpg

Na campanha para Paul Smith

Mika sabe bem combinar as peças, criando um look fashion dentro e fora do palco. Entre espertas jaquetas, calças skinnys e artigos de marcas descoladas o visual está sempre calculadamente cool. Sinal de que, além de ter uma baita voz e ser animação certa tanto nas festinhas em casa quanto em festivais, o jovem, que nasceu no Líbano e, fugindo da guerra, foi parar em Paris e depois em Londres, já entendeu bem como funciona o showbiz. Nasceu uma estrela, sem dúvida.

mika3.jpg

O primeiro sucesso, “Love Today”

Versão live de “Lollipop” (melô da Lilica Ripilica)

O novo sucesso “Big Girl (you are beautiful)”

Meu vídeo preferido, “Grace Kelly” (mais Freddie Mercury impossível)

Neojaponista

Posted in Uncategorized on agosto 19, 2007 by Sylvain

 virivipreview1.jpg

O Japão já garantiu seu lugar na história da moda ao entregar para o mundo artistas brilhantes como Yohji Yamamoto, Rei Kawakubo, Issey Myiake e Junya Watanabe. Mas todos esses aí já tem muito tempo de estrada e a gente fica se perguntando onde estará a nova geração. Pra que não se pense que a moda jovem japonesa se resume ao pop-street dos cosplayers e das new-lolitas de Harajuku (por mais que seja divertido e inspirador, são looks que dificilmente funcionam em outra parte do mundo, né?), vale ficar de olho em gente como Taomaki Okaniwa, da neocool “The Viridi-anne” que, apesar de já vender suas criações all over the world, ainda é praticamente desconhecido.

As criações de Okaniwa tem como base uma excelente alfaiataria, de corte moderno e com cartela de cores mega sóbria. A silhueta segue os padrões japonistas, às vezes certinha, em outras folgada e desconstruída. Moderno e clássico andando juntos. (Na foto acima, a nova coleção de inverno 2007-2008)

Mais um expoente da moda intelectual japonesa, a “The Viridi-anne” já divulgou suas criações em uma galeria de arte em Paris, com uma instalação fashion em que seus meninos ficaram deitados, meio que dormindo, sobre montes de feno.

p1010623.jpg

dsc_0022.jpg

p1010657.jpg

p1010605.jpg

Uma navegada com calma no site da grife, além de fazer passar vontade com os looks hypercool, ajuda a descobrir a seção gallery, com fotos lindas, lindas em PB. Adoro os japoneses e acho que o mundo tem muito que aprender com eles sobre moda, ainda.

p1010608.jpg