Cashmere pop deluxe

pop1_01.jpg 

Ter um cashmere assinado pelo francês Lucien Pellat-Finet é um luxo que poucos podem (ou se permitem) ter. Afinal, US$ 2,500 em média por um suéter com uma caveira ou uma folha de maconha bordados não é pouca coisa. O fato é que, desde 1994, quando lançou sua grife, Pellat-Finet é sinônimo de refinamento e status. As colaborações de artistas hype ajudam a transformar uma peça dele em objeto de desejo master e, depois de Takashi Murakami e seus cogumelos no verão 2003, agora é a vez do artista pop norte-americano Kenny Scharf, que enfeita as peças do inverno 2007-2008 do “rei do cashmere”.

pop3_01.jpg

Kenny Scharf conheceu o auge na década de 80 com seus seres fantásticos em desenhos com pinta de cartoon, extraídos de seu imaginário pop (no site dá pra ver praticamente todos, divididos por ano. É o máximo). Para a colaboração com Pellat-Finet foram reproduzidas 4 caricaturas de suas principais obras: “Horny”, de 1983, “Blue Meany”, de 1985, “Red Head”, de 1996 e, a mais recente, “Happy Bomb”, de 2004. Todas podem ser encontradas nos cashmeres das linhas masculina, feminina e infantil.

pop2_01.jpg

Outra novidade nos cashmeres de Pellat-Finet é a introdução da cor preta na sua cartela, assim como o cinza, dando uma alternativa sóbria à linda palheta habitualmente acesa das criações em cashmere do estilista. Must-have total!

lpf.jpg

Lucien já não trabalha mais só com cashmere. Em 1998, introduziu detalhes em couro e camurça e em 2003 lançou sua linha jeans. Hoje em dia, além de homewear, tem até uma linha de moda praia. Afinal, para ele, luxo é um lifestyle e uma questão de atitude. (Suspiros….)

Curiosidade: a grife de Pellat-Finet, que tem na caveira e na folha de maconha seus símbolos máximos, nasceu em 1994, mesmo ano em que o nosso Alexandre Herchcovitch, outro fissurado em caveiras, abria sua primeira loja em São Paulo. Mais uma da série coincidências fashion.

Anúncios

2 Respostas to “Cashmere pop deluxe”

  1. é syl, começou a dar pau e tive que trocar o design do blog.
    mas logo volto para o nosso pretinho básico;

    falando em básico pero no mucho, uma cashmere é uma peça única e sempre associei com uma vestimenta mais clássico, mas o lucien consegue fazer da peça algo como um moleton de longe de tão pop que são essas estampas. o conforto prece gritar como as estampas.

    adorei visitar o site

  2. Maria Prata Says:

    adoro. quero um.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: