NY Menswear, spring 2008: Pouco mais que um bocejo…

É, tem desfile masculino acontecendo em Nova Iorque. Diferentemente das outras capitais da moda, as apresentações masculinas acontecem simultaneamente às femininas na Big Apple, reforçando a condição de coadjuvante da moda para homens na cabeça dos norte-americanos. E basta dar uma olhada nas coleções para entender que o conceito de moda masculina por lá equivale a variações sobre um mesmo tema, que poderiam ser facilmente encontradas em qualquer catálogo de uma grande loja de departamentos. Comercial e careta ao extremo, o menswear norte-americano vive de alguns looks “bonitinhos” de Ralph Lauren e de mais um par de grifes de pouca representatividade.

Como tem pouca coisa a ser analisada, me limitei a fazer um pot-pourri de bons e maus momentos do que vi nas coleções. Se, quando acertam não produzem nada de extraordinário, quando erram, erram mesmo! Quem sabe até o final da temporada a gente não se surpreende, não é verdade? Tem umas duas ou três marcas que ainda podem dar uma salvada na pátria deles. A esperança do homem que gosta de moda é a última que morre.

band-of-outsiders.jpg

Band of Outsiders, que apresentou a coleção num barco

duckie-brown1.jpg

Duckie Brown, capaz disto…

duckie-brown.jpg

…e disto!

michael-bastian.jpg

Michael Bastian, catálogo perde

michael-bastian1.jpg

Michael Bastian (ui!)

perry-ellis-signature1.jpg

Perry Ellis Signature

perry-ellis-signature.jpg

Perry Ellis Signature (que homem é este?)

ralph-lauren1.jpg

ralph-lauren.jpg

ralph-lauren2.jpg

Acima, looks de Ralph Lauren. Apesar do jaquetão, que eu abomino, pelo menos acerta a silhueta e produz algumas imagens simpáticas.

trovata.jpg

Trovata, que diz que se inspirou numa coisa São Paulo encontra Florianópolis (!!!)

trovata1.jpg

Trovata

E agora, uma galeria especial para Thom Browne. Impagável!

thom-browne.jpg

thom-browne3.jpg

thom-browne1.jpg

Olha o surf aí, gente!

thom-browne4.jpg

thom-browne2.jpg

thom-browne5.jpg

O look que fecha o desfile!

Claro que tem gente que não é digno nem de piores momentos, de tão tedioso que é. Ah! E reparei que o sapato da hora por lá é o bom e velho Dockside! É a cara deles.

Sorry pelo tom do post, mas é por causa de visões assim da moda pra homens que a gente ficou tanto tempo na geladeira da criatividade. Não dá mais.

6 Respostas to “NY Menswear, spring 2008: Pouco mais que um bocejo…”

  1. yves-saint l’horror diria!
    meda disso
    e a preguiça é geral, pois nem das coleções femininas tenho vontade de falar

    vou ficar aqui cantando o hino nacional

  2. Sylvian, tem que se desculpar não… Você tá mais que certo em tudo que diz. O Luigi podia pegar esse post e escrever até uma coluna no blogview do tipo “o que você NÃO faz pela moda masculina”…rs.

  3. thom browne é bafo, hahaha. mas o masculino do mcq foi fofo, bem melhor que o feminino… bjks

  4. A coleção que você postou da Lanvin deixou a coleção de N. York no chão. A moda pode não ter limites mas que tal um pouco de bom-senso?A minha teoria é que talvez a moda masculina esteja passndo pelo o que passou o modernismo: antes era só aquela caretice do parnasianismo e então, quando a arte se libertou, foi aquela coisa desvairada, a torneira foi aberta e alagou tudo. Mas depois o fluxo se acalmou e estabilizou. Quem sabe… não que o começo de modernismo seja comparável a essa maneira de enfeiar homens, mas.. quem sabe…

  5. jose carlos Says:

    ridiculo essa roupa nem aq nem no mundo nimguem vai usar essa roupa po

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: