Arquivo para fevereiro, 2008

Padê de luxo

Posted in Uncategorized on fevereiro 28, 2008 by Sylvain

27_cokelogos_lg1.jpg 

A Colette abriga até o dia primeiro de março – último dia da semana de desfiles parisiense – uma exposição bem controversa e que deve dar pano pra manga. O artista suíço Comenius Roethlisberger reproduziu, em boxes de resina translúcida, logos de grifes poderosas como Chanel, Versace e Yves St. Laurent usando….cocaína! Na verdade, trata-se de uma mistura da maldita com açúcar refinado em pó, prensada entre placas transparentes dispostas cada uma em seu púlpito. A mostra tem o sugestivo nome de “Dearest Constellation, Sweetest Invitation” e tem recado direto para o mundo da moda (por que será, hein?). É proibido tocar nas caixas, claro, mas já imaginou quantos junkies fashionistas devem ter bolado planos e mais planos pra poder dar um teco grifado? Eu, hein!

Anúncios

Masculin-féminin

Posted in Uncategorized on fevereiro 28, 2008 by Sylvain

589868vogue_claudia_schiffer_vogue_334_469.jpg 
Très sage. Claudia em momento mulherzinha indefesa sob a mira do gavião

Muito boa a campanha “Metamorphoses” do champagne Don Pérignon fotografada por Karl Lagerfeld com a sempre top Claudia Schiffer posando de mulherzinha submissa mas cheia de segundas intenções.

589870vogue_claudia_schiffer_vogue_334_469.jpg
Servindo ao seu amado

As fotos, todas em PB, têm clima noir fetichista e exploram o tempo inteiro o delicioso jogo de poder e sedução entre homem e mulher. Claudia aparece em atitudes ora bem femininas, com todos os atributos da esposa perfeita, quietinha e comportada, ora em situações de poder, quando se transforma em dominatrix, com forte apelo masculino. Ao final, tudo acaba bem, já que a doce Claudia termina esparramada numa cama vestida com uma sugestiva lingerie branca. Será esse o perfil da mulher ideal?

589874vogue_claudia_schiffer_vogue_334_469.jpg
Claudia revela seu lado masculino…

589882vogue_claudia_schiffer_vogue_334_469.jpg
…parte para o ataque…

589798vogue_claudia_schiffer_vogue_334_469.jpg
…mas termina do jeito que o diabo gosta!

Eu quero!

Posted in Uncategorized on fevereiro 27, 2008 by Sylvain

40polo.jpg 

Aqueles que gostam de pólos como eu podem começar a ficar nervosos. Para comemorar seus 40 anos, a Ralph Lauren lançou um case de acrílico e couro com 40 pólos de todas as cores. Dá pra usar uma por dia durante um mês e ainda sobra! Fora que a maleta é linda. Objeto de desejo master! A notícia meio brochante é que são apenas 40 kits e só estão à venda na loja da Madison Avenue, em Nova York. Hmpf!

Ah, Paris!

Posted in Uncategorized on fevereiro 27, 2008 by Sylvain

É impressionante a diferença de nível entre a semana de moda de Paris (seja ela masculina ou feminina) e as outras. De um lado temos a caretice comercial de Nova York; o experimentalismo rebelde e fresco de Londres, quase que uma semana de moda jovem; Milão e seu luxo mainstream, que deve muito de seu prestígio à presença da Prada no line-up e, por fim, Paris.

Oportunamente, a semana de desfiles na cidade-luz sempre fecha as temporadas, como que para deixar uma boa impressão na memória dos fashionistas. Tava dando uma olhada nos desfiles femininos (homem que gosta e trabalha com moda é fogo, olha tudo…) e fiquei impressionado com a seqüência de bons desfiles: Yohji, Margiela, Undercover, Rick Owens, Balenciaga, Comme des Garçons, Ann Demelemeester, Junya….e por aí vai. É outro nível. Quem quiser acompanhar a cobertura feminina sob o aval de quem mais entende, clica no prataporter e comprove o que estou dizendo. Para nós homens, a boa notícia é que a belga Ann Demeulemeester (um dos meus nomes preferidos de sempre) botou meninos -coadjuvantes, claro- na passarela de seu lindo desfile feminino. Confere alguns looks abaixo. Gosto mais até do que a coleção masculina desfilada há um mês.

ann.jpg

ann1.jpg

ann2.jpg

Funky business

Posted in Uncategorized on fevereiro 26, 2008 by Sylvain

jt.jpg 
Justin e Johan Lindeberg

A mais nova parceria entre o showbiz e a moda junta o multitalentoso Justin Timberlake e a grife J.Lindeberg. Explico: Justin tem uma grife, chamada William Rast e decidiu criar uma linha mais voltada para o sportswear. Para a empreitada, escalou a dupla de estilistas Johan e Marcella Lindeberg. O projeto já está a pleno vapor e as primeiras peças devem ver a luz do dia no próximo verão europeu.

“Sempre admirei o design e a sofisticada estética de Johan e Marcella Lindeberg. Estou muito animado em saber que vamos poder desenvolver fortes coleções juntos e que a minha visão para uma linha completa de lifestyle da William Rast está nas mãos de dois dos meus designers favoritos”, palavras de Justin Timberlake. Então, tá. A ver.

Melodia vintage

Posted in Uncategorized on fevereiro 26, 2008 by Sylvain

Essa é daquelas músicas que caem no seu colo na hora certa e dispensam comentários maiores. “What Have I Done to Deserve this”, by Pet Shop Boys, direto do túnel do tempo. Fora que o clipe é tão bom que consegue deixar chiques os anos 80.

Não à cromofobia!

Posted in Uncategorized on fevereiro 25, 2008 by Sylvain

paulsmith080225_1_250.jpg 

A querida Fê Resende, da Oficina de Estilo, me mandou um link muito legal de uma matéria da NY Magazine, com um perfil do Paul Smith. O texto foca na missão assumida pelo britânico de botar mais cores na vida dos homens, na forma de toques sutis e bem humorados nas peças clássicas e bem cortadas que fizeram sua fama – ele diz que assim a assimilação fica mais fácil.

00120m.jpg
Very colorful…para os mais ousados e jovens de espírito

Paul analisa a falta de cores na moda masculina em geral, inclusive na primeira fila dos desfiles, onde o preto impera. Ele afirma ainda que as cores demonstram personalidade e que não se trata de sair por aí metido num terno lilás, mas que pontuar looks com meias ou gravatas de cores inusitadas pode agregar elegância de forma discreta, sem comprometer a masculinidade alheia.

00140m.jpg
Delícia de combinação de cores. Pode ser só a gravatinha, por exemplo

Rei do mash-up, Paul Smith carrega como marca registrada as mil e uma combinações de cores e padronagens desde sempre em seu trabalho. Diz ele que é tudo culpa dos anos sessenta, época em que começou a se interessar por moda e onde cores, estampas e formas do guarda-roupa feminino foram amplamente incorporadas pelos homens. Sua coleção de verão ( fotos), que chega agora às lojas do hemisfério Norte, tem como inspiração o artista David Hockney, ele mesmo um adepto da mistureba saudável em seus looks diários. O resultado é uma combinação alegre de tons pastéis, usados da forma mais cool possível. É Sir Paul Smith contribuindo para uma moda masculina mais divertida, mas sin perder la elegáncia jamás.

00190m.jpg
Se achar que não segura tanta cor, uma luzinha nos pés já ajuda a quebrar a sisudez

Leia a matéria na íntegra.